Archive for the ‘LESI’ Category

O Cunha casou-se

19 Outubro 2008

Este evento têm que ter destaque, o cunha casou-se. Ontem com a presença de 100 pessoas, mais um menos 2, ele juntou-se à Ana numa cerimónia memorável.

O primeiro a casar dos amigos do curso, cria uma situação de suspense para ver quem é o próximo, agora a moda não é jantares de curso, mas sim casamentos do curso 😀

Correu tudo muito bem, deu para lançar os foguetes apanhar as canas e acabar a noite no chibaria a comer um hambúrguer.

Parabéns aos noivos e que sejam felizes para sempre, ou melhor, enquanto a nossa amizade dure, que vai dar ao mesmo 😉

Patuscada

24 Dezembro 2007

Sábado decorreu a patuscada cá em casa, com os excepcionais amigos de curso, depois de uma partida no laser game no lago discount.

O jogo é porreiro, deu para fazer exercício e divertir um pouco, apesar de não ser tão duro como o paintball, é mais rápido e dá para ver alguns a tentar atravessar paredes, não é guimas ??

O jantar deu para jogar Wii, se alguém me quiser enviar uma, deixe um  comentário que eu envio a morada, andar a jogar boxe ou ténis na sala de estar, é demais 🙂

Deu para comer, beber e estar com o pessoal que já não se via à algum tempo, sempre bom 🙂

Estágio : Para aqui, para ali

24 Janeiro 2007

Se ao princípio foi difícil arranjar estágio, fui a 3 entrevistas e nenhuma resposta, agora está a difícil ser decidir entre duas opções. Tenho duas empresas com uma vaga para eu estagiar, e eu não me decido … até parece que domino isto tudo.

Se ao principio o que custava era ir a uma entrevista sair de lá a pensar que tinha tudo corrido ás mil maravilhas e não receber nenhuma resposta (falta de educação e de profissionalismo) agora fica a impressão de que qualquer escolha que faça, estou a cortar os meus horizontes, no sentido que começo a optar por alguma tecnologia/ferramenta a utilizar, e infelizmente nenhuma das opções funciona sobre Linux …
Ao menos ficam as convicções e certezas que o Linux é o melhor, mas como disse uma das pessoas que me fez a entrevista : concordo contigo que o Linux é melhor, estou na mesma luta, mas o mercado pede Windows … puto do mercado não quer o que é bom, apenas quer o que têm marketing.

Vamos ver se vou trabalhar com .Net (não podia ser nada mais anti-Linux do que isto) ou em sistemas embutidos com C/C++, a decisão têm que ser comunicada até segunda (e se for para uma delas tenho logo acção de formação em .Net nesse dia).

Produtividade

12 Janeiro 2007

Sempre achei a altura dos exames muito produtiva, não pelo facto dos exames mas pela quantidade de coisas que eu fazia nessa altura. Era ver filmes, terminar jogos e claro estudar, isso era o menos interessante.

Este ano tenho apenas 4 cadeiras, e acabo o curso e a não esquecer o estágio, mas acho que ando a exagerar no que ando a fazer para além de estudar …

Desde que estou a estudar para exames, principio deste ano já vi :

  • 10 episódios do D. House
  • 10 episódios do Heroes (Uma série muito boa cheia de acção)
  • 16 episódios do Prison Break (Tinha muitas expectativas, é bem estruturado mas podia ter mais acção)

Isto dá que pensar, principalmente porque se eu colocasse tanto empenho a estudar como a ver séries, se calhar já tinha feito as cadeiras à algum tempo ….

Tenho que arranjar juízo …

O vício espalha-se …

30 Dezembro 2006

Estava em casa a não fazer nada, ou quase nada e á espera da visita de um amigo. Ele chegou e começamos a fazer umas transferências de dados que iriam dar para um bom tempo a olhar para o computador.

Eu como viciado em LEGO e ele em electrônica, comecei por mostrar o NXT e ele um pouco céptico, achou muito estático …

Depois foi explicar os motores o funcionamento e a programação e começou a ficar mais interessado, como faltava algum tempo para acabar as trocas de dados, ele meteu mãos á obra.

Resultado :

MOC do Fernando

Impressionate, ou não, mas entreve-o por algum tempo e deu para ver as dificuldades na construção de um MOC, um passo para frente e uns valentes trambolhões para trás 😀

Enterro da Gata

20 Maio 2006

Cartaz Enterro 2006

Terminou o enterro …

Para quem não sabe o que é o enterro da gata é o equivalente á queima das fitas das outras universidades portuguesas na Universidade do Minho.

Este ano, sendo o último (como estudante) para muito do pessoal conhecido tinha um objectivo de borga e convivio muito maior, mas claro que os concertos são algo a ver.

O pedro abrunhosa supreendeu, já tinha visto algumas vezes e quase que morria de tédio, mas este surpreendeu foi muito bom.

Domingo, com os cabeças do cartaz ou pelo menos a única banda estrangeira a actuar no enterro tinha algum prestigio que obrigava um bom concerto, e assim foi, muito bom e com uma boa comunicação entre os The Rasmus e o público.

O ponto alto Blasted Mechanism … este é daqueles grupos que dominam em qualquer sitio, os tipos são 5 estrelas em palco e o público responde com altas moches, que resultam em pequenas mossas no corpo, fiquei com o lábio cortado e uma marca na cara, muito duro, de algumas vez que vi o concerto a mais dura … Os wraygun têm uma vocalista que ela têm uma voz, cuidadinho, o vocalista não curtiu os elogios que deram a outros atributos da vocalista 😀 não percebi porquê … eram verdade.

Terça … foi para esquecer, além de não me dar muita pica os concerto, Boss Ac e Melo D tinha que bazar cedo, e assim foi.

O Quim é rei, Quim Barreiros consegue o pessoal todo a curtir mesmo depois de estar todo o dia no cortejo académico (a cerveja abadia é bem boa :D) e um banho no lago central faz sempre bem, isto é sempre a rolar … A primeira parte do concerto foi o Jaimão e poderia ter ido para outro lado qualquer que não fazia muita falta …

Para terminar os concertos e numa quinta-feira para quem está habituado a estes andanços já sabe que têm que terminar com Xutos. Um concerto muito bom mas é pena que as forças no corpo já se estavam a esgotar, e a capacidade para beber tinha ficado pela quarta.

Na sexta vêm uma das particularidades do enterro que desconhecia, nunca lá tinha passado mas acho que nas próximas edições será ponto de encontro para o pessoal. Estou a falar do santoinho uma romaria popular dentro de uma quinta (ou assim chamado). Muito pessoal, muita comida e muita bebida, uma festa porreira onde o pessoal demonstra os seus dotes – o chico é rei – (ou a falta deles) para a dança popular, algo nunca antes visto, muito porreiro.

Terminou, mas como o Braceta escreveu no tricórnio, que isto não seja um final mas sim um começo.

Finalista

14 Maio 2006

Sou finalista, melhor fui á minha missa de finalistas, apesar de ainda ter 5 cadeiras para trás preferi ir este ano á missa com o pessoal que conheço e que partilhei estes 5 anos de universidade em vez de para o ano estar com algum pessoal conhecido, mas na maior parte caras estranhas num mundo universitário cheio delas.

Acho que sou frio, ou simplesmente o terminar de um convivio regular com amigos, colegas não causou o impacto que estava há espera, o facto de não ver os amigos da bebida, das noites e também dos trabalhos, os demoníacos trabalhos pensava que poderia ser mais duro. Claro que existem excepções, existe sempre aquele tipo que marcou e a sua falta vai marcar e existem outros que não se perde o contacto, mas os outros ?? E são tantos …

“É a vida …” frase para explicar muitas coisas que ás vezes não fazem sentido nenhum ou que gostarimos que fosse completamente diferente, mas pronto a semana do enterro está a decorrer e irá certamente servir para espalhar umas mágoas.

Mas uma coisa é certa o curso será sempre LESI e os amigos nunca mais deixarão de o ser por isso o saldo ao fim de 5 anos é muito positivio.